sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Receita De Amor e Felicidade

"Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como
a seus próprios corpos. 
Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo" (Efésios 5:28).

Tenha muito cuidado na hora de fazer a escolha.Após a
seleção, dedique toda a sua atenção no preparo para uso
caseiro. Algumas esposas insistem em mantê-los em conserva,
outras estão, constantemente, colocando-os em água quente.
Estes processos os deixam duros, azedos e, às vezes,
amargos. Até variedades sem muita qualidade podem se tornar
doces, tenros e bons, desde que sejam guarnecidos com
beijos, que sejam embrulhados com um cobertor de amor, e
mantidos aquecidos com um fogo de afeto e servidos com
pêssegos e creme. Sendo preparados desta maneira, eles se
manterão por anos!


Não há receita melhor para uma vida feliz no lar do que
aquela que tem por principal ingrediente, o amor. Onde há
amor há harmonia, há compreensão, há respeito e paz. Onde há
amor não existe lugar para a arrogância, nem para o egoísmo,
nem para a vaidade. O entendimento impede o "tem que ser
como eu quero" e o brilho de Deus é percebido por todos que
visitam o local.


Em um lar onde o Senhor se faz presente, o marido não é o
dono ou o patrão da esposa e nem a esposa se arvora superior
ao marido. Os dois caminham juntos, se dedicam um ao outro,
têm prazer em agradar um ao outro, se respeitam e se amam. O
Senhor está sempre presente em todas as relações e tudo o
que fazem engrandece a Deus.


Se algo não vai bem no lar, o casal se une, dialoga, ora, se
coloca diante do altar do Senhor e busca um conserto para
que a felicidade seja restaurada. As brigas e o
desentendimento devem ser as últimas opções e,
preferivelmente, guardados em um local inacessível.


Faça sua escolha de acordo com a vontade de Deus e busque
dEle a direção para que dure para sempre.
Paulo Roberto Barbosa.

3 comentários:

Tati disse...

Amar por valor é amar o outro como ele é, quando ele não tem mais nada a oferecer, quando ele é um inútil e por isso você o ama tanto. Na hora que forem embora as suas utilidade, você vai saberá o quanto é amado.

Lia disse...

Olá Tati, me desculpe uma pergunta você é da Igreja Universal -IURD, eu sou,bjs

Francicleide disse...

Olá,gostei muito do seu blog e estou te seguindo.Beijos.